Significados

As mais comuns tatuagens de cadeia

Atualmente a tatuagem é vista não só como uma forma de arte, mas também uma maneira de expressar sentimentos e pontos de vista. E com as tatuagens de cadeia isso não é diferente, pois cada uma pode ter múltiplos significados para quem decide tatuar.

Isso não se trata de algo exclusivo do Brasil, pois em diferentes regiões do mundo, os prisioneiros encontram maneiras de marcar o próprio corpo. Isso pode acontecer tanto dentro da própria prisão quanto fora após o cumprimento da pena. Em alguns casos, os desenhos tendem a representar quem a pessoa é, o que fez ou até mesmo o grupo ao qual pertence.

Atualmente, já existem algumas cartilhas que mostram aos interessados no assunto quais são as principais tatuagens de cadeia. O objetivo muitas vezes é evitar que alguém acabe fazendo a tattoo sem saber ao certo o que ela significa.

Para criação de uma das cartilhas mais conhecidas nesse sentido, foi realizada uma ampla pesquisa com pelo menos, cinquenta mil documentos. É claro que um desenho pode ter diferentes significados, no entanto, o objetivo foi traduzir os usos mais comuns. Por aqui você vai conferir alguns exemplos.

Palhaços e coringas

Uma das tatuagens de cadeia mais conhecidas no mundo é que traz a figura de um palhaço ou coringa. Normalmente esses símbolos são usados para identificar crimes de morte, podendo também ser associados a roubo e morte de agentes policiais.

Magos e duendes

Os magos e duendes normalmente são encontrados em tatuagens no corpo de traficantes de drogas, o que em tese indica o que fazem. Outro símbolo que traficantes também costumam usar é o desenho do saci-pererê.

Caveira com faca no crânio ou diabo

Normalmente as tatuagens de cadeia que possuem um diabo desenhado, indicam que o dono pode se tratar de um pistoleiro. Já a tatuagem de caveira com uma faca cravada no crânio pode ser indício de que a pessoa é um assassino ou matador de policial.

Cruz

De acordo com informações coletadas em pesquisas, as cruzes tatuadas podem ter diferentes significados. Em alguns casos, no entanto, pode ser indicativo de que a pessoa já foi presa em outras ocasiões. Já a cruz com caveira pode indicar lealdade aos parceiros de cela, ou que a pessoa precisou matar para não morrer.

Marcações

Existem também as tatuagens que servem para marcar o presidiário. Na maioria das vezes elas são feitas contra a vontade dos mesmos a fim de indicar os seus crimes. Normalmente os alvos são estupradores e seus corpos são marcados com órgãos sexuais masculinos.

Outra forma de marcar os estupradores é a tatuagem de coração com flecha acompanhado de frases do tipo “amor só de mãe” ou “D.A”, indicando Dama de Cela.

Teia de aranha

Esse tipo de tatuagem de cadeia normalmente é usado por pessoas que agem em grupo. É comum esse tipo de tatuagem ser ligado a pessoas que tem paciência em esperar as vítimas para então capturar e matar.

Nossa Senhora

Quando a santa é usada em tatuagens de cadeia ela pode ter diferentes significados. Quando ela é feita em tamanho pequeno, por exemplo, pode indicar que a pessoa cometeu latrocínio. Quando ela é tatuada na coxa, mãos ou braços pode indicar que a pessoa cometeu homicídio.

Mas quando a santa é tatuada em tamanho grande nas costas, pode ser um indicativo de que a pessoa sofreu violência sexual na cadeia, podendo ser um estuprador. Já se a santa for tatuada no peito, significa apenas proteção.

Desenho infantis

Até mesmo os personagens de desenhos infantis são usados em tatuagens de cadeia. Os mais comuns são o Taz Mania, que normalmente é indicativo de que a pessoa pratica furtos ou arrastões e o Papa-Léguas. Este último classifica as pessoas que entregam drogas, normalmente usando motos.

Tatuagens de cadeia feminina

Assim como os homens, ao entrar na cadeia muitas mulheres também marcam seus corpos. Mas de acordo com as pesquisas, a diferença é que na maioria das vezes elas não marcam o corpo para classificar seus crimes. Em vez disso, o desenho se torna forma de expressar seus desejos sexuais e o tipo de prática que apreciam.

Estrela

De acordo com as pesquisas, mulheres que possuem o corpo tatuado com estrela, normalmente gostam de apanhar, principalmente durante o sexo. Quando a mulher possui mais de uma estrela, significa que houve fornicação seguida de surra de vários homens.

Mandala

Quando a mulher tatua seu corpo na cadeia com uma mandala, indica que ela possui algum tipo de religião, podendo ser pacto satânico, macumba ou até religião afro.

Fadas e duendes

Quando a tatuagem de cadeia, no caso da feminina, é pontuada com uma fada ou duende, pode ser indicativo de que essa mulher curte exagerar no consumo de bebida alcoólica ou uso de algum tipo de droga alucinógena.

Aranha e escorpião

Uma presidiária com aranha ou escorpião tatuados no corpo pode ter diferentes significados. Mas no mais comum isso não significa que ela seja durona ou que seu crime foi dos piores. Normalmente é só uma forma de dizer as outras que ela já teve alguma doença venérea que foi curada ou é soro positiva.

Chinês

Tatuagens de cadeia femininas onde a mulher marca o corpo com palavras em chinês, podem indicar que essa mulher aprecia os órgãos masculinos maiores.

Cobra

Assim como o escorpião e a aranha, a cobra tatuada no corpo não é necessariamente sinônimo de que a mulher é perigosa ou durona. Na verdade quando essa mulher possui múltiplas cobras em seu corpo, pode ser um indicativo de que a mesma curte sexo grupal.

Considerações finais

Para finalizar, vale ressaltar aqui que, o assunto tatuagem nesse caso é bastante complexo, pois o mesmo desenho pode ter diferentes significados. É importante que se diga, no entanto, que alguns desenhos de fato são mais comuns em tatuagens de cadeia.

Por isso mesmo, a menos que seja essa a intenção, é importante prestar atenção e pesquisar bem sobre o tipo de desenho pretendido. Isso ajuda a evitar eventuais equívocos que podem de alguma forma gerar situações indesejadas no futuro.

Faça um Comentário