Significados

Tatuagem japonesa: história e seus muitos significados

Tatuagem japonesa

A tatuagem japonesa tem muita história para contar. Estudos apontam que as primeiras tatuagens de origem japonesa remontam ao período Jomon, também conhecido como Paleolítico, ou seja, aproximadamente 10.000 a.C.

Essa informação é constantemente debatida. Nem todo estudioso desta arte concorda que os padrões de marcação encontrados nos corpos dessa época representam, de fato, tatuagens.

Hoje em dia, a tatuagem japonesa marca presença no corpo de muitas pessoas que encontram, nesse tipo de arte, uma forma de expressão e identidade. Em seguida, vamos conhecer mais detalhes sobre a história da tatuagem japonesa, bem como conhecer o significado das mais conhecidas.

A história da tatuagem de origem japonesa

Entre o ano de 300 a.C. e 300 d.C., quando ocorria o período Yayoi, as tatuagens da época teriam sido relatadas por visitantes da China. Nessa época, então, estudos apontam que as tattoos eram usadas para representar status. Além disso, podiam ter caráter tanto espiritual quanto decorativo.

Tempos depois, no entanto, as tattoos começaram a ser sinônimo de atividades criminosas, assumindo conotação mais negativa, sendo aplicadas como forma de castigo. Isso ocorreu por volta do ano de 720.

Assim, nos primeiros registros das tatuagens japonesas como punição, havia inscrições como essa:

“Você fez planos para rebelar e até derrubar nosso Estado. Essa infração deve ser punida com a morte. Condeno-o a ser tatuado.”

A tatuagem japonesa com apelo decorativo

Foi no período Edo, entre os anos de 1603 e 1868, que as tatuagens japonesas ganharam conotação decorativa. Os dragões, os tigres, as flores e as bestas míticas, por exemplo, começaram a surgir.

Na época, a pele era marcada com o uso de ferramentas de xilogravura. Assim, os artistas que trabalhavam com esse tipo de arte foram exatamente os primeiros a aplicar tatuagens de forma artística no corpo das pessoas.

Com goivas e formões, os artistas da xilografia utilizavam uma tinta preta, chamada Nara, para pigmentar a pele. Quando cicatrizava, a mesma ficava azul esverdeada.

É claro que sempre houve uma série de debates sobre as primeiras tatuagens japonesas artísticas desse período. Enquanto uns acreditam que as mesmas foram iniciadas por comerciantes ricos, outros apostam na ideia de que a iniciativa veio das classes mais baixas.

A proibição das tatuagens no Japão

Durante o período Meiji, que teve início em 1868 e se estendeu até 1912, o governo japonês proibiu as tatuagens. A proibição foi uma tentativa de proteger a sua imagem e ser visto com bons olhos pelo Ocidente. Mesmo assim, as tattoos continuavam sendo populares entre estrangeiros e criminosos.

Algumas décadas depois, mais precisamente em 1948, a tatuagem voltou a ser legalizada. Porém, seu uso continuou tendo conotação negativa, passando a ser amplamente utilizada pela máfia japonesa Yakuza.

A tatuagem japonesa nos dias de hoje

Graças à influência do Ocidente, hoje, as tatuagens são populares entre os jovens do Japão, embora a maioria ainda tenha um pé atrás por conta dos estigmas que a arte carrega. Entretanto, em outras partes do mundo, inclusive no Brasil, as tattoos que vieram do Japão têm grande apreço.

Para se ter uma ideia, é difícil encontrar um estúdio de tatuagem fora de uma área turística do Japão. Um dos motivos, naturalmente, é a repressão do Governo que perdurou por anos, como já vimos.

Complicando ainda mais o cenário, em 2012, o então prefeito de Osaka, Toru Hashimoto, iniciou uma campanha para que as empresas públicas que haviam contratado funcionários tatuados os demitissem. A orientação foi que essas pessoas deveriam ou remover suas tatuagens ou procurar um emprego no setor privado.

Tatuagem japonesa

Principais significados de tatuagens japonesa

Carpa (Koi)

Sem dúvidas, a tatuagem japonesa de carpa (Koi) é uma das mais famosas.

As carpas são um tipo de peixe nativo da China. Na lei folclórica do oriente, são atribuídas a elas qualidades como bravura e força e, por isso, também são muito famosas no Japão.

Na China, a carpa tenta nadar contra as correntezas do Rio Amarelo. No entanto, poucas conseguem seguir em frente e ultrapassar um ponto conhecido como “Portão dos Dragões”. Na crença popular, aquelas que conseguem são recompensadas e, então, transformadas em poderosos dragões.

É daí que nasce o significado da tattoo, que hoje é símbolo de determinação, coragem, força e transmutação em algo melhor.

Fênix

Mais um símbolo de transformação e força, a fênix é uma tatuagem japonesa bastante famosa. Fica ótima em tattoos maiores, como nas costas inteiras, por exemplo.

A fênix é conhecida mundialmente como “o pássaro consumido pelo fogo que renasce das próprias cinzas”. Tal lenda é contada há milênios, em diversas culturas, como nas mitologias romanas e gregas.

Diante de tudo isso, o significado da fênix não poderia ser diferente: simbolizando o triunfo e o renascimento.

Dragão japonês

Se tem uma tatuagem que os fãs podem ostentar de cabeça erguida, principalmente se for feita por um especialista no estilo, essa tatuagem é a do dragão japonês.

Os japoneses acreditam que dragões asiáticos existiram primeiro no Japão para, depois, se espalharem pelo restante do continente asiático.

Os dragões japoneses são sempre associados com a chuva e com a água. Assim, no país do sol nascente, esse tipo de ser represente a generosidade, a sabedoria e a força utilizada em prol da humanidade.

Máscara Oni

Menos popular, porém, ainda assim, de grande beleza, a tattoo de Máscara Oni representa a crença dos japoneses no mundo espiritual.

Os “demônios Oni” simbolizam proteção, já que, de acordo com sua crença, eles combatem o mal.

Flor de cerejeira

Especialmente delicada, a flor de cerejeira é uma das tatuagens japonesas que mais fazem sucesso entre as mulheres.

Por ser uma flor que não floresce por um longo tempo, os japoneses enxergam nela um símbolo de sua própria mortalidade. É um pouco da beleza da vida!

Serpente

Assim como em outras culturas, a serpente pode ter uma série de significados. Quanto utilizada em uma tatuagem japonesa, ela pode ser símbolo de proteção. Acredita-se que ela pode afastar doenças, má sorte e, até mesmo, desastres maiores.

Não somente isso, os japoneses também acreditam que a tatuagem de serpente é uma excelente representação de proteção e sabedoria, além de regeneração e transformação.

Galeria de fotos

Diante de tantas inspirações, fica difícil escolher apenas uma tatuagem japonesa para fazer. Sendo assim, faça várias! Procure um bom estúdio e eternize em sua pele esses símbolos tão poderosos. Confira a galeria que preparamos!

Tatuagem japonesa Tatuagem japonesa Tatuagem japonesa Tatuagem japonesa Tatuagem japonesa Tatuagem japonesa Tatuagem japonesa Tatuagem japonesa Tatuagem japonesa

Faça um Comentário

/* ]]> */