Personagens Tatuagens Femininas Tatuagens Masculinas

Tatuagens Coringa: confira essas tattoos incríveis desse personagem!

As tatuagens Coringa evocam a imagem do arqui-inimigo do Batman. Trata-se, sem dúvida alguma, de um dos vilões lendários da DC Comics. Por outra parte, o Coringa é, também, um personagem extremamente carismático – para muitos, o mais popular atualmente em todo o universo dos quadrinhos.

Todo esse sucesso não foi construído da noite para o dia: são mais de 75 anos de presença nos mais diferentes elementos da cultura pop, entre os quais incluem-se, além dos quadrinhos, filmes, séries, videogames e, é claro, tatuagens!

A popularidade das tatuagens Coringa

Os fãs de histórias em quadrinhos (HQs) que admiram esse personagem tendem a considerar, pelo menos alguma vez em suas vidas, fazer tatuagens Coringa.

Nesse sentido, se inspiram nos desenhos feitos nas revistas pelos mais talentosos artistas, bem como em diferentes filmes e séries de TV, onde várias interpretações do Coringa foram encenadas por grandes atores, como César Romero, Jack Nicholson, Heath Ledger, Jared Leto etc.

O palhaço de cabelo verde, rosto pálido e lábios grandes e vermelhos é caracterizado, nas tatuagens Coringa, pelo seu sarcasmo, sorriso malicioso e a possibilidade de tornar miserável a vida do Homem-Morcego.

Não à toa, é o mais célebre personagem das histórias do Batman e, portanto, não surpreende que um número cada vez maior de pessoas procure fazer tatuagens Coringa.

O significado das tatuagens Coringa

Os jovens, de modo geral, tomam como referência, para fazer suas tatuagens Coringa, as cenas mais marcantes das histórias em quadrinhos, cinema e séries de TV.

Se você faz parte desse grupo, lembre-se de que o mais importante é escolher bem o artista que comporá a sua arte corporal, a fim de que o resultado saia conforme o esperado.

A imagem do Coringa é escolhida pelas pessoas que desejam representar a maldade – um aspecto essencial da experiência humana –, admiram o personagem ou um dos atores que interpretaram o maior criminoso de Gotham City.

Ao selecionar as tatuagens Coringa, você pode solicitar ao artista que desenhe apenas o rosto ou o corpo todo, nos mais diferentes estilos e composições: tudo dependerá, apenas, da sua imaginação e criatividade!

Tatuagens Coringa nos braços

Para fazer tatuagens Coringa, a área mais recomendada são os braços. Primeiramente, você deve ter bem clara a ideia do desenho que você gostaria de gravar em sua pele.

Na maioria das vezes, é habitual que esse tipo de trabalho seja de grandes dimensões e bastante realista, a fim de que possam ser representados os detalhes mais característicos desse pitoresco vilão.

Curiosidades sobre o personagem

Escolher um desenho que ficará para sempre gravado em seu corpo é uma tarefa que, de tão importante, não deve ser negligenciada. Se você está considerando fazer tatuagens Coringa, nada melhor do que conhecer o máximo possível sobre o personagem, não é mesmo?

View this post on Instagram

Táska #jokertattoo #joker #comictattoo

A post shared by Szalay Tamás (@bunyek_tatts) on

As origens do Coringa

Bob Kane, Bill Finger e Jerry Robinson se inspiraram no personagem-título de Conrad Veidt no longa-metragem “O Homem que Ri” para projetar e estrear, em 1940, o incorrigível Coringa.

Nas histórias em quadrinhos, o Coringa não possui uma origem “oficial”, exceto pelo fato de ter sido um criminoso conhecido como “Capuz Vermelho” e que, após um acidente químico teve o rosto desfigurado e enlouqueceu se tornando o palhaço assassino que todos conhecemos e amamos.

Censura

Cedo ou tarde, um personagem tão violento e imprevisível teria de enfrentar alguns problemas legais. Talvez seja por isso que o Coringa é um dos vilões mais censurados em toda a história.

Durante as décadas de 1950 e 1960, a DC Comics foi obrigada a reduzir o nível de violência do personagem após receber ordens diretas dos revisores da Comics Code Authority, órgão responsável por vetar revistas consideradas inapropriadas por atacar “os bons costumes e a moralidade pública”.

Essa tendência continuou durante a década de 1970 e, somente no decênio posterior o Coringa voltou a ser fiel ao seu instinto violento, graças, em grande medida, à publicação de obras que apostavam em um tom mais adulto e realista nas HQs.

Carta fora do baralho

O Coringa estava destinado a morrer na primeira edição da revista “Batman” pelas mãos do herói, no entanto, o editor gostou tanto do vilão que decidiu mantê-lo indefinidamente – algo positivo para os leitores, mas nem tanto para o Homem-Morcego.

Arlequina: uma companheira para o Coringa

Arlequina, a sexy parceira do Coringa, apareceu pela primeira vez em “Batman: A Série Animada”. A sua verdadeira identidade civil é Doutora Harleen Frances Quinzel, psiquiatra do Asilo Arkham – local em que conheceu o palhaço que “viraria sua cabeça”.

View this post on Instagram

#batman #joker #tattoo #jokertattoo #batmantattoo #ink

A post shared by Oscar Arias (@oscarariastattoos) on

Coringa: um admirador das belas-artes?

As primeiras versões do Coringa o retratavam como um homem obcecado com as joias e as obras de arte, em vez do psicopata ganancioso e homicida que viria a se tornar. Esse traço de caráter acompanhou o personagem até meados dos anos de 1970.

View this post on Instagram

SWIPE ACROSS FOR VIDEO World class tattooing by Roman. Done with Holy Grail Cartridges at @redemptiontattoostudios #redemptiontattoostudio. Feast your eyes on this incredible Joker project done today. Top marks to our client Tom too for sitting so well. Safe to say he’s over the moon with us. Thanks for looking! 🤘🏼 www.redemptiontattoos.co.uk @holygrailtattoocartridges #holygrailtattoocartridges @tattooeverythingsupplies #tattooeverythingsupplies #joker #jokertattoo #killingjoke #batman #fullcolour #colourtattoo #color #colour #colortattoo #worldclass #insanetattoos #besttattoos #tat #tats #tatt #tatts #tatted #tattooist #tattoostudio #tattooartist #sheffield #sheffieldtattoo #ink #inked

A post shared by Jordan Stringfellow (@jordanstringfellow) on

O linguajar de um vilão

O Coringa sempre apreciou os palavrões. Sua linguagem violenta se evidencia, sobretudo, quando se dirige às suas vítimas, como pode ser visto nos quadrinhos de 1940 a 1980. No cinema, Jack Nicholson fazia questão de preservar essa faceta do vilão.

View this post on Instagram

#jokertattoo #fkirons #tattoo #tatuaggi

A post shared by Quintino Aroi (@quintinoaroi) on

Protagonista

O Coringa teve sua própria revista em quadrinhos, que começou a ser publicada em 1975. Entretanto, as histórias não foram bem recebidas pelo público e as vendas foram péssimas. Por esse motivo, a publicação durou apenas um ano.

View this post on Instagram

#jokertattoo #batmantattoo #colortattoo

A post shared by Kenneth David Clevinger (@kenstattoos) on

O Coringa mais emblemático

O Coringa de Jack Nicholson sempre foi considerado o mais emblemático, embora Heath Ledger tenha recebido muitas críticas favoráveis da imprensa especializada e obtido a admiração instantânea de milhares de fãs por todo o mundo.

Nicholson se reuniu várias vezes com Bob Kane, o criador do personagem, para discutir sobre qual a melhor forma de interpretá-lo no cinema. De fato, o ator levou seu trabalho muito a sério e revelou à revista Time que, para ele, o Coringa era uma poderosa metáfora sobre os tempos modernos.

Um sorriso congelado

O clássico sorriso do vilão é uma das mais relevantes inspirações para as tatuagens Coringa, afinal, seu efeito estético é, a um só tempo, belo e perturbador. Trata-se de uma expressão que nunca se altera, não importa se o vilão está triste ou feliz.

Faça um Comentário