Estilos de Tatuagem Tatuagens Femininas Tatuagens Masculinas

Tatuagens árabes: significados e ideias para inspirar sua tattoo

Tatuagens árabes

As tatuagens se tornaram uma forte tendência dos dias atuais, de modo que elas são bastante comuns em pessoas de todas as extrações sociais. Nesse contexto, as tatuagens árabes ganharam o coração e a preferência de muitos indivíduos que buscam, nos princípios e valores desses povos, a inspiração para compor sua arte corporal.

Devido a esse “boom”, podemos encontrar na internet inúmeros artigos sobre o assunto: ideias, preços, modelos, ideias etc. Com efeito, o mundo das tatuagens tem um escopo muito amplo, representando uma técnica milenar que foi sendo desenvolvida ao longo dos séculos, por isso, não é de surpreender que tenha atingido tantos países e culturas.

View this post on Instagram

💥💥Dope or nope ? #tattoo #arabtattoo #inked

A post shared by tattooclub (@tattooclubb_) on

Vamos nos concentrar, ao longo deste artigo, nas tatuagens árabes que, como não podia deixar de ser, estão repletas de seus próprios símbolos e características históricas. Boa leitura!

A origem das tatuagens árabes

Não são muitos os historiadores que decidiram investigam sobre a história das tatuagens árabes, embora seja possível encontrar informações relevantes que nos permitem entender como elas evoluíram ao longo do tempo.

As tatuagens árabes começaram como um símbolo cultural. Há mais de 3 mil anos atrás, elas já eram empregadas para indicar a passagem de uma vida a outra. Um ritual que simbolizava, por exemplo, o estágio crucial que marca a passagem da adolescência para a idade adulta.

Inicialmente, as tatuagens árabes eram feitas no rosto ou em outra parte visível do corpo, o que permitia identificar a origem de uma pessoa pelo estilo de sua tatuagem. Cumpre ressaltar que o conceito de “origem”, neste contexto, refere-se à sua família, comunidade ou ambiente social.

Naquela época, as tatuagens se tornaram algo simbólico e representativo da história de cada pessoas. Os desenhos refletiam períodos anteriores, representados por meio de luas ascendentes, letras cursivas, linhas ou motivos unificados.

A lua crescente representa uma preferência pela espiritualidade e a adoração de Alá: um modelo cultural muito distante dos tradicionais crânios ou símbolos tribais.

Não podemos esquecer, também, das tatuagens de hena. Elas integram uma prática ancestral e, de certo modo, atemporal. Tendo sido originalmente elaboradas para mulheres indianas e magrebinas, as tatuagens árabes e de henna espalharam-se por todos os cantos do planeta e, hoje, são parte integrante de nossa cultura.

Originalmente, essas tatuagens eram integralmente feitas nas mãos e nos pés, sendo consideradas um truque de sedução feminina. Como duram de 2 a 3 semanas, se você não se atrever a dar um grande salto e fazer uma permanente, as tatuagens de henna podem ser uma alternativa muito interessantes e bem mais barata.

No Antigo Egito, a prática da tatuagem também esteve presente no dia a dia dos súditos dos faraós. Isso remonta a 2.000 anos a.C., quando as múmias foram tatuadas. Ainda não sabemos se isso era feito por razões estéticas, supersticiosas ou médicas.

É possível saber apenas (e com algum grau de certeza) como elas foram realizadas: os egípcios usavam agulhas e um corante composto de uma mistura entre leite materno e fumo!

Podemos fazer tatuagens árabes em qualquer parte do corpo. Tratam-se, geralmente de desenhos pretos que decoram pescoços, costas, braços, omoplatas, troncos, nucas, antebraços.

View this post on Instagram

Tribute✏️ #tattoo#arabtattoo#letteringtattoo

A post shared by alberto caligaris (@albertocaligaris) on

O corpo humano tornou-se uma autêntica ferramenta de comunicação não-verbal, uma tela em branco. A única coisa que você tem que decidir é o que tatuar.

View this post on Instagram

#arabtattoo #letterstattoo #armtattoo

A post shared by Tinta Nocturna Tattoo (@tintanocturna) on

As tatuagens árabes mais frequentes

Conforme mencionado, as tatuagens árabes se tornaram cada vez mais populares, especialmente no Ocidente. Essa prática, embora estética, também se converteu em uma forma de compartilhar uma reflexão ou transmitir uma mensagem.

Queremos nos definir e marcar a diferença com uma inscrição em uma parte do corpo; é uma forma de nos expressar ou, até mesmo, de impor nosso caráter, história de vida e personalidade. As tatuagens árabes atendem a todos esses critérios, à medida que transmite certos conceitos e ideais.

Para começar, partimos do fato de que a escrita árabe é profundamente bela, circular e leve, emitindo uma mensagem que pode ser combinada para formar um símbolo de profunda significação.

Nossa pergunta é: quais são as tatuagens árabes mais solicitadas nos estúdios de tatuagem? Eis uma pequena lista:

Os significados podem variar enormemente. É natural que muitos clientes peçam a seus tatuadores algumas sugestões e exemplos antes de tomarem uma decisão definitiva.

Além disso, as tatuagens árabes são um formidável ponto de partido para quem almeja entrar nesse universo por meio de uma arte sóbria, leve, concisa e esteticamente bela. Uma vantagem adicional consiste no fato de que terceiros não saberão o significado, a menos que você mesmo explique.

Uma das razoes que mais atrai cliente para as tatuagens árabes é, justamente, o elemento estético: a caligrafia, as curvas e a elegância das letras árabes. Todavia, não devemos negligenciar seus significados.

Aqueles que entendem bem o mundo das tatuagens árabes são capazes de esconder piadas, emoções, crenças, momentos ou sentimentos nelas.

Afinal de contas, aqui reside a arte de tatuar. A tinta na pele pode nos transportar para momentos indescritíveis e invisíveis, que desejamos manter para sempre conosco, inscritos em nossa própria pele.

Onde podemos fazer uma tatuagem árabe?

Atualmente, o preto é a cor mais usada para essas tatuagens, mas tudo depende do significado que você deseja, do lugar onde as fará e da decisão de combiná-las (ou não) com outros desenhos presentes na mesma parte do corpo.

A despeito do fato de que o árabe é uma das línguas mais faladas em todo o mundo, muitas pessoas optam pelas tatuagens árabes sem conhecer todo o contexto em torno da palavra ou frase gravada.

View this post on Instagram

#arabtattoo

A post shared by Eric Gallegos (@eric_gallegos_tattoo_artist) on

Para homens e mulheres, as tatuagens árabes podem ser feitas em qualquer parte do corpo, todavia, estas são algumas das regiões mais tatuadas nos dias de hoje:

  • O pulso;
  • O pescoço;
  • A omoplata;
  • O tornozelo.

A caligrafia árabe, por sua vez, é uma das opções preferidas por artistas e clientes, uma vez que se trata de uma maneira bastante visível de expressar uma ideia ou uma mensagem com o corpo, mas, preservando certo ar de mistério e ocultamento nas tatuagens árabes.

Faça um Comentário

/* ]]> */