Estilos de Tatuagem Significados

Tatuagem Celta: significado e ideias para sua nova tattoo

Os povos celtas viveram na Antiguidade, espalhados por várias regiões da Europa, deixando uma enorme herança cultural, que se mantém presente até os dias atuais. Uma dessas heranças é a tatuagem celta, conforme veremos a seguir.

O resgate de uma cultura

Os celtas são considerados os primeiros povos a dominar o uso de metais na fabricação de armas e ferramentas na Europa. Por volta do ano 1800 a.C. já tinham estabelecido sua cultura e encontravam-se espalhados pelas regiões que hoje correspondem à Alemanha, Holanda, Bélgica, Dinamarca, França e Inglaterra. Eles ainda viriam a ocupar diversas outras regiões no continente.

Não chegou a existir um reino ou um estado celta centralizado. Ao contrário, as famílias reuniam-se em tribos que, regionalmente, formavam uma organização militar. Assim, se havia alguma unidade como povo ou nação, era em torno dessa organização militar, do idioma comum e de alguns costumes, principalmente os de natureza religiosa. Isso deu origem a diferentes grupos de povos celtas, como os bretões, os gauleses, os batavos, os belgas e muitos outros.

Alguns dos povos que o império romano subjugou em sua expansão pela Europa ocidental tinham origem nesses grupos de tribos celtas. E foi em meio a essa expansão de Roma que os povos celtas desapareceram, diluindo-se. Apesar disso, um importante legado cultural de origem celta foi preservado.

Nos dias de hoje, a Irlanda é o país onde essa herança está mais presente. Outras regiões da Europa que preservam forte influência celta são o País de Gales, a Escócia, algumas localidades na Inglaterra, como a Cornualha e a Ilha de Man, a região da Gália na França e no norte da Itália, o norte de Portugal e a região da Galícia no noroeste da Esoanha.

Os celtas eram politeístas, ou seja, acreditavam em vários deuses. Entre esses deuses, destacava-se a figura da Deusa-Mãe, que seria uma referência à mãe natureza. Havia também o culto a divindades elementais (do fogo, da água, da terra e do ar). Muitas dessas práticas têm sido resgatadas hoje em dia por religiões como a Wicca e o neodruidismo.

A cultura celta também está presente na literatura, especialmente na infantil e na de ficção. São de origem celta, por exemplo, a fábula de Chapeuzinho Vermelho e a lenda O Rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda, entre outros. Curiosamente, os celtas não chegaram a desenvolver uma língua escrita onde pudessem deixar um registro de seus conhecimentos.

Outra manifestação cultural celta bastante celebrada é a música. É crescente a quantidade de festivais de música celta e de músicos que têm esse estilo como sua principal influência.

Enfim, considerando-se que a cultura ocidental é essencialmente europeia e que os celtas constituem o primeiro povo civilizado do velho continente, não é de se estranhar que a cultura celta esteja presente entre nós até hoje, nas mais diversas manifestações, de Chapeuzinho Vermelho a Harry Potter.

Os símbolos celtas

A tatuagem celta é marcada pela presença de alguns símbolos dessa cultura. Os principais são:

  • a cruz celta: representa a união dos quatro elementos da natureza (água, fogo, terra e ar) e também a união entre o feminino e o masculino; é um símbolo mais antigo que a cruz cristã;
  • a espiral: simboliza o movimento da energia;
  • o triskle, triskel ou triskelion: uma forma particular de espiral, uma espiral tripla; o número três carrega um significado sagrado entre os celtas e pode representar diversas tríades como:
    • o corpo, a mente e o espírito, ou
    • o passado, o presente e o futuro, ou
    • o céu, a terra e o mar, ou
    • a primavera, o verão e o inverno, ou
    • o nascimento, a vida e a morte, ou
    • as três faces da deusa: donzela, mãe e anciã.
  • o nó celta: não é exatamente um símbolo, mas uma forma de ornamentação, cheia de entrelaçados;
  • a triqueta ou triquetra: esse sim um símbolo em forma de nó sem início nem fim; representa a eternidade; foi adotado no cristianismo como símbolo da Santíssima Trindade;
  • o losango: é um símbolo feminino que representa o ventre da Deusa Mãe;
  • a árvore da vida: símbolo que representa o mundo espiritual, o bem estar e a integridade das aldeias;
  • o awen: em gaélico, essa palavra significa inspiração; o gaélico é o idioma nativo da ilha da Irlanda e uma das línguas célticas;
  • o claddagh: um símbolo formado por um coração, por duas mãos que o seguram e por uma coroa; a coroa simboliza a lealdade, o coração simboliza o amor e as mãos simbolizam a amizade;
  • o sigil: cada pessoa tem o seu próprio sigil, que é um símbolo formado por linhas que a própria pessoa desenha, representando uma preocupação ou um desejo;
  • os cinco círculos, ou cinco vezes: uma sobreposição entre um círculo central e quatro círculos adjacentes; os adjacentes representam os quatro elementos; o círculo central representa o equilíbrio entre as energias.

A tatuagem celta

Além dos símbolos usados na tatuagem celta, o próprio ato de tatuar-se nos remete à cultura celta. Sabe-se que os celtas tinham o hábito de tatuar o corpo, embora os motivos para tal não sejam claramente conhecidos.

Uma das possíveis motivações para a tatuagem seria a guerra. Os celtas eram conhecidos como bravos guerreiros. A derrota frente ao império romano só teria acontecido após muitas batalhas e devido à maior organização e disciplina dos exércitos comandados por Roma.

De qualquer forma a valentia dos guerreiros celtas era bem conhecida e as tatuagens teriam o objetivo de intimidar ainda mais os inimigos, além de serem também símbolos de proteção pessoal.

Algumas ideias de tatuagem celta

Pensando em fazer uma tatuagem celta?

Agora que você já sabe um pouco sobre tatuagem celta, que tal conhecer os cuidados necessários para se fazer e manter uma boa tatuagem? Siga os seguintes passos:

  1. Informe-se sobre como tomar a decisão de fazer a tatuagem e o que fazer caso você venha a se arrepender dela.
  2. Avalie os riscos que a tatuagem pode trazer para a saúde e quais são os cuidados que devem ser tomados.
  3. Saiba como tratar a pele após a realização da tatuagem.

Cuidados anotados, decisão tomada, agora é curtir a sua nova tatuagem celta.

Faça um Comentário